Se você está sofrendo de falta de energia e está constantemente pensando, "Eu preciso de energia agora", você não está sozinho. Pesquisas mostram que 40% dos americanos acordam cansados na maioria dos dias da semana [1], e surpreendentes 97% dos americanos têm pelo menos um dos principais fatores de risco da fadiga [2]. No entanto, se você é como muitas das outras pessoas que experimentam a exaustão, você pode ter aceitado se sentir cansado como se fosse algo inevitável.
Agende Sua Orientação
Nossos médicos de globalmente renomados criam um plano personalizado para ajudar você a se sentir 10 anos mais jovem. Você terá mais energia, perderá peso, dormirá melhor, terá mais libido e pensará com mais clareza. Clique abaixo para agendar uma consulta gratuita com um de nossos médicos. É rápido e fácil.
Na verdade, há uma razão pela qual você está sempre se sentindo cansado – mesmo se ainda não identificada. Assim como nosso bem-estar geral, nossos níveis de energia são definidos por uma combinação complexa de fatores. Desde a otimização da sua dieta até o tratamento de desequilíbrios hormonais, existem maneiras práticas e comprovadas de aumentar a energia e começar a melhorar sua qualidade de vida. E, para adultos com estilos de vida agitados, não há melhor maneira de fazer isso do que através da Cenegenics. Nosso programa de gestão da idade é projetado para adultos atarefados que buscam de forma ativa seus objetivos pessoais e profissionais, cujo sucesso e desempenho dependem de sua capacidade de manter excelentes níveis de energia. Descubra abaixo como a nossa equipe clínica pode ajudá-lo a combater sua fadiga, aumentar sua energia e restaurar sua vitalidade.

Melhorando sua dieta: boost de energia através da alimentação

No nível mais fundamental, o propósito da alimentação é fornecer ao nosso corpo a energia necessária para suportar suas diversas funções essenciais. No entanto, a fartura de alimentos industrializados e processados transformou a alimentação em uma atividade voltada ao prazer e centrada na conveniência, em vez de uma atividade voltada à saúde consciente dos perigos dos alimentos processados. De fato, a dieta ocidental é caracterizada por alimentos que têm pouco valor nutricional inerente e nos deixam exaustos em vez de energizados.
Para combater o problema, os médicos da Cenegenics priorizam uma alimentação que estimula a criação de energia. Um aspecto fundamental para o aprimoramento da dieta de pacientes é a otimização de suas sensibilidades à insulina. A insulina, hormônio responsável pelo controle dos níveis de açúcar no sangue, é produzida no pâncreas e ajuda a transportar o açúcar do sangue para o armazenamento. Porém, quando as células se tornam resistentes à insulina, elas não podem usar a insulina de forma eficaz e, portanto, deixam os níveis de açúcar no sangue mais altos do que deveriam. Isso estimula um ciclo vicioso em que o pâncreas cria mais insulina para reduzir o açúcar no sangue quando detecta seu alto teor. Com o tempo, esse processo pode esgotar o pâncreas das células produtoras de insulina, uma tendência geralmente encontrada em pacientes com diabetes tipo 2 e obesidade.
Além de estar ligado a condições sérias de saúde, o açúcar no sangue mal controlado também é uma causa comum de fadiga [3]. Desta forma, otimizar a sensibilidade à insulina está entre os meios mais eficazes para aumentar os níveis de energia através da dieta.
A equipe de especialistas em dietas da Cenegenics aplica o conceito de índice glicêmico (Glycemic Index – GI) na fase introdutória do tratamento para ajudar os pacientes a entenderem as maneiras pelas quais diferentes fontes de alimento influenciam os níveis de açúcar no sangue. Na verdade, o GI foi originalmente desenvolvido para ajudar pacientes com diabetes a administrar a dosagem de insulina. Alimentos de baixo GI são normalmente digeridos lentamente, reduzindo assim o risco do pico de insulina, que reduz bruscamente os níveis de açúcar no sangue e leva ao infame "choque" que sentimos após comermos algo açucarado. Comer alimentos com um GI mais baixo também resulta em saciedade, apesar de consumir menos calorias, e uma dieta com baixo GI pode até melhorar a resposta relacionada a hormônios na ingestão de alimentos.
Carboidratos ricos em fibras e outros fitonutrientes têm um GI mais baixo do que pães brancos, massas e alimentos similares altamente processados. Eles podem ser energizantes, bem como saciantes e, combinados com proteínas de qualidade e gorduras ricas em ácidos graxos essenciais, são digeridos lentamente e podem ajudar a otimizar a sensibilidade à insulina. No entanto, a complexa relação entre dieta, saciedade e energia requer uma abordagem individualizada. A título de exemplo, alguns pacientes podem se beneficiar da incorporação de óleos de peixes marinhos e outras fontes de alimentos, especificamente para melhorar a função cognitiva, reduzir a ansiedade e abordar outros sintomas que podem afetar os níveis de energia detectados. Portanto, cada paciente recebe aconselhamento nutricional individualizado através do programa Cenegenics para identificar os principais contribuintes por trás de possíveis fatores dietéticos causadores de fadiga.
Além da alimentação, nossa equipe clínica também o ajudará a estabelecer um regime de exercícios que se adapte ao seu estilo de vida e realmente estimule a produção de energia, em vez de deixá-lo cansado, o que nos leva ao próximo ponto.

Como se exercitar se não há energia suficiente?

Sentir-se cansado é talvez o motivo mais comum pelo qual as pessoas negligenciam o exercício físico. No entanto, vale a pena notar que o treinamento e o exercício podem, de fato, combater a fadiga e agir como intensificadores naturais de energia. Pesquisas mostram que o exercício físico pode reduzir os sintomas da fadiga em até 65%, enquanto aumenta os níveis de energia em até 20% [4]. Embora a interação precisa entre os níveis de exercício e energia ainda não tenha sido compreendida pelos pesquisadores, alguns acreditam que a capacidade de reduzir a fadiga decorre do impacto que a energia exerce sobre o sistema nervoso central [5].

Como a Cenegenics pode ajudar a combater a fadiga

Especificamente, o programa da Cenegenics favorece períodos curtos de treino intervalado de alta intensidade, ou HIIT, customizado de acordo com a fisiologia e os objetivos de cada paciente. Com o entendimento de que a maioria dos pacientes da Cenegenics levam estilos de vida agitados, esta forma de exercício é considerada benéfica devido ao fato de alcançar ótimos resultados, incluindo gasto energético de 24 horas semelhante ao produzido pelo treinamento tradicional de resistência, apesar de seu comprometimento de tempo reduzido.
Além disso, o HIIT é considerado um exercício anaeróbico. Essa forma de condicionamento físico duradoura e de alta intensidade ocorre quando a demanda do corpo por oxigênio excede o suprimento de oxigênio disponível, passando a depender de fontes de energia armazenadas no corpo. Os períodos de treinamento anaeróbico também aumentam a produção de hormônio do crescimento e das concentrações séricas de testosterona, o que é mais benéfico para aumentar os níveis de energia do que os exercícios mais longos de intensidade moderada que elevam os níveis de cortisol. O cortisol alto, especialmente à noite, pode levar o corpo a pensar que não precisa de descanso, contribuindo assim para a falta de sono e, em última análise, para a fadiga.
Os médicos da Cenegenics elaboram um plano de exercícios sob medida para os pacientes com base em suas preferências, habilidades e competências. Como cada paciente começa com seu próprio nível inicial de condicionamento físico, as recomendações são individualizadas e ajustadas ao longo do tratamento para dar suporte a resultados ideais, incluindo níveis de energia aprimorados. Em última análise, enquanto alguns programas visam exercitar os participantes até o ponto de exaustão, o objetivo de nossos programas de condicionamento físico prescritos pelos médicos é fazer mais com menos tempo e adotar uma abordagem saudável e sensata nos exercícios para que você se sinta energizado – ao invés de esgotado – todos os dias. Ao mesmo tempo, os períodos regulares de atividade também ajudarão a estimular o cansaço no momento apropriado: quando você estiver pronto para dormir. Descubra mais sobre como o Cenegenics ajuda a otimizar seu ciclo de sono na próxima seção.

Falta de sono e fadiga: qual a relação com a falta de energia?

A falta de sono talvez seja a culpada mais óbvia por trás da fadiga e da falta de energia. No entanto, se você está sempre se sentindo cansado, provavelmente sabe que, infelizmente, se sentir exausto às vezes não é suficiente para facilitar um sono de qualidade.
Para piorar a situação, há muitas causas potenciais relacionadas à falta de sono, e é por isso que uma abordagem uniformizada não pode ser aplicada. A incapacidade de adormecer e, posteriormente, permanecer dormindo pelas sete a nove horas recomendadas, pode resultar de desafios físicos ou psicológicos. Para alguns pacientes, as barreiras psicológicas, como o estresse, são as que mais impedem uma boa noite de sono. Para outros, uma condição como a apneia obstrutiva do sono (Obstructive Sleep Apnea – OSA) pode ser a culpada.
A duração e a qualidade do sono são geralmente melhoradas em um programa da Cenegenics, devido ao fato de que a abordagem abrangente do nosso programa para o bem-estar muitas vezes procura as causas raízes por trás da falta de sono. As recomendações dos médicos sobre a seleção de alimentos, em conjunto com as dicas dietéticas personalizadas e as rotinas de exercícios, contribuem para enfrentar os desafios que podem estar causando a falta de sono nos pacientes.
Por exemplo, enquanto a regulação do peso é um dos pilares do programa de gestão da idade da Cenegenics, é também um elemento chave na prevenção e no tratamento da apneia obstrutiva do sono (OSA). Pesquisas apontam que perder apenas 22 libras pode melhorar os índices de apneia/hipopneia [6] de forma significativa. Da mesma forma, os médicos da Cenegenics também podem utilizar nutracêuticos como auxílio para o sono. Suplementos individualizados, incluindo magnésio, casca de magnólia e ácido gama-aminobutírico (GABA) podem ser tomados sob a prescrição de médicos para facilitar o descanso.
Além disso, nossa equipe clínica pode ajudar os pacientes na regulação hormonal, se necessário. Embora a relação entre hormônios e níveis de energia seja revisada com mais detalhes na próxima seção, suspeita-se que também exista uma relação entre distúrbios do sono e hormônios. Especificamente, a testosterona afeta a organização dos ritmos circadianos e a duração do sono.

Os hormônios são responsáveis pela falta de energia?

Como mencionado acima, um dos principais componentes do programa da Cenegenics é a otimização dos níveis hormonais. Níveis insuficientes de testosterona podem ter um efeito negativo nos níveis de energia de homens e mulheres. Como quedas significativas nos níveis hormonais são comuns em adultos mais velhos, homens e mulheres na meia-idade e mais velhos podem ser candidatos ideais para a terapia de reposição hormonal.
Em ambos os sexos, a baixa testosterona tem sido associada à falta de motivação, fadiga e até mesmo depressão. Assim, a testosterona tem um impacto de longo alcance na energia e, quando se torna desequilibrada, os impactos físicos podem aumentar. Felizmente, a terapia de reposição hormonal é uma maneira eficaz de abordar os sintomas desafiadores produzidos por um desequilíbrio.
s profissionais em gestão da idade da Cenegenics especializam-se em todos os seus aspectos e são especialistas em diagnosticar e tratar problemas de testosterona. Eles entendem as variabilidades inerentes dos níveis de testosterona e, portanto, realizam diagnósticos em momentos específicos e levam em consideração fatores como estado de saúde, idade, período de jejum e sono, com o objetivo de determinar se a terapia de reposição hormonal deve ser considerada. Embora não exista um consenso sobre o que define a testosterona como “baixa”, em geral, os pacientes que iniciam o programa com uma leitura total de testosterona em 300s e baixa testosterona livre podem ser recomendados para o tratamento. Ao aumentar e melhorar os níveis de testosterona livre (que estão dentro da faixa fisiológica normal), os pacientes notarão uma melhora considerável nos níveis de energia. Os efeitos podem ser ainda mais otimizados quando combinados com as medidas descritas acima, bem como nutracêuticos, descritos em maiores detalhes abaixo.

Suplementos poderiam ajudar a combater a falta de energia?

Mencionamos acima de forma breve que os médicos da Cenegenics podem prescrever nutracêuticos para pacientes nos quais tenha sido identificada a necessidade de um suplemento específico. Embora os nutracêuticos possam ajudar no sono, como mencionado anteriormente, também é possível que certos micronutrientes auxiliem o alcance dos níveis ideais de energia.
A coenzima Q10 (CQ10), por exemplo, pode ser usada para aumentar a produção de energia, bem como a saúde cardiovascular, o bem-estar neurológico e os níveis de açúcar no sangue. Enquanto este antioxidante também desempenha um papel crítico em ajudar o corpo a regenerar a produção de vitaminas, a síntese do corpo de CQ10 começa a diminuir aproximadamente aos 30 anos de idade. Também foi constatada a redução da fadiga durante os treinos. Embora a CQ10 seja encontrada em fontes de alimento como carne, peixe, nozes, sementes e óleos vegetais, a maioria das pessoas não consegue atingir objetivos ainda mais baixos da ingestão dietética sugerida apenas com a dieta. Desta forma, um suplemento administrado na dose adequada com base na avaliação das necessidades do paciente pode auxiliar na produção natural de energia.
Além disso, a canela pode desempenhar um papel no aumento da energia, bem como melhorar a circulação e auxiliar na digestão. As especiarias também mostraram melhorar diretamente os níveis de insulina, possivelmente diminuindo a absorção de carboidratos no intestino delgado. Portanto, quando tomado regularmente, é possível que a canela possa ter benefícios generalizados sobre a saúde geral.
Quando se trata de nutracêuticos, é importante observar que os suplementos não estão sujeitos à regulamentação tão rigorosa quanto os medicamentos. Cabe ao consumidor ou fabricante pesquisar a pureza e a potência, e como muitos pacientes não relatam seus suplementos em sua lista de medicamentos, as interações entre eles são ainda mais prováveis de ocorrer. Por isso, é essencial que quaisquer suplementos sejam tomados sob a prescrição de médicos licenciados. Além disso, a qualidade da fonte é imprescindível. Nutracêuticos, tais como boosters de energia saudável fornecidos pela Cenegenics, apresentam diferenças significativas em relação aos suplementos genéricos de varejo. Pacientes da Cenegenics recebem itens de farmácia personalizados e nutracêuticos clínicos dosados de modo eficaz e farmacologicamente testados.

A Cenegenics é ideal para ajudá-lo a aumentar seus níveis de energia? – Conclusão

Embora o processo de determinação das causas potenciais da fadiga e do esgotamento de energia nos pacientes leve meses ou mesmo anos, o consistente teste realizado sob os cuidados dos médicos da Cenegenics no início do programa de gestão da idade pode ajudar a descobrir um agente causador de forma rápida. Às vezes, o culpado pelo esgotamento de energia pode ser tão simples quanto o consumo insuficiente de vitamina, que pode ser facilmente solucionado através de medidas nutricionais e dietéticas. Em outros casos, pode haver uma série complexa de fatores contribuintes por trás da fadiga, caso em que um programa de tratamento abrangente é recomendado.
Não importa o cenário, a Cenegenics é a melhor fonte para alcançar melhorias duradouras e perceptíveis nos níveis de energia. O aumento de energia é um dos cinco pilares principais sobre os quais o programa foi construído, e os outros quatro pilares de apoio também fortalecem a capacidade de sentir e ter um melhor desempenho. Através da abordagem consistente e ao mesmo tempo direcionada para o bem-estar, nossa equipe clínica direcionará as barreiras aos níveis ideais de energia que você está enfrentando, além de reduzir os fatores de risco de doenças e auxiliar no seu bem-estar geral a longo prazo.
Próximos passos para aumentar a energia e combater a fadiga Cadastre-se para uma consulta telefônica gratuita.
Esperamos que as informações acima tenham ajudado em seu processo de pesquisa.